10 coisas que você precisa saber sobre o bootcamp da Laboratória

Posted by Andrea Rivera on Apr 17, 2020 7:27:00 PM

Você tem dúvidas sobre o que é um bootcamp? E sobre como, depois de 6 meses, as graduadas no bootcamp da Laboratória podem começar a trabalhar como programadoras? Aqui nós contamos tudo! 

Vamos começar explicando o que é um bootcamp e por que o chamamos assim. Se traduzíssemos o termo para o português, seria um acampamento de treinamento intensivo. Em outras palavras, um bootcamp é um programa intensivo em que o aprendizado é de alto impacto e em pouco tempo. O que queremos dizer com "alto impacto"? Queremos dizer que as habilidades aprendidas nesses programas se baseiam na demanda do mundo de trabalho atual. 

Na Laboratória, oferecemos um programa intensivo de aprendizagem que requer muita dedicação de tempo e esforço. 

Nele, o foco é que as alunas, além de aprenderem a programar, possam desenvolver as habilidades profissionais (soft skills), que são cruciais para desenvolver produtos digitais com soluções inovadoras para o nosso dia a dia. Chamamos de soft skills habilidades como resolução de problemas, pensamento crítico, trabalho em equipe etc. Essas características são bastante exigidas pelas empresas que contratam as graduadas do bootcamp.

Agora sim, abaixo estão 10 coisas que você deve saber sobre o bootcamp da Laboratória. Mas já posso adiantar que aqui se aprende de maneira diferente. 

1. Você não tem nenhum conhecimento prévio? Bem-vinda!

 

via GIPHY

Na Laboratória, o foco é que as alunas aprendam algo novo e que, com a prática, se tornem programadoras front-end. É justamente não saber programar que incentiva centenas de mulheres a se candidatarem. 

O bootcamp da Laboratória existe para mulheres que buscam uma nova oportunidade no campo da tecnologia. Buscamos a diversidade de perfis, para tornar a experiência do bootcamp para as alunas e as futuras empresas empregadoras ainda mais enriquecedora.

2. Aprenda a aprender

No bootcamp, oferecemos uma metodologia diferente, em que cada uma de nossas alunas assume o seu aprendizado. Muitas de nossas graduadas admitem sentir-se aprendizes para toda a vida. Caso você esteja pensando em fazer parte do bootcamp, contamos que durante o programa você terá espaço para o autoconhecimento e a reflexão. Isso possibilitará que você descubra qual a melhor forma de aprendizado para você. 

3. Trabalhe em projetos e diga adeus aos exames

Sim, no programa facilitamos o aprendizado baseado em projetos, da mesma forma que eles são realizados no mundo de trabalho. Embora ofereçamos algumas oficinas para compartilhar conhecimentos que podem ser úteis no desenvolvimento de cada projeto, o principal objetivo é que cada aluna aprenda fazendo. Acreditamos muito no feedback entre alunas e nas autoavaliações. 

4. Não temos professores


Como você sabe, as alunas do bootcamp são responsáveis pelo seu aprendizado. Contamos com uma equipe extraordinária de programadores, que desempenha um papel de acompanhamento e facilitação. Na Laboratória, chamamos essas pessoas de mentores ou facilitadores do processo de aprendizagem. 

5. Você vai conhecer mulheres fantásticas como você!

via GIPHY

Ano após ano, centenas de mulheres se tornam aprendizes por toda a vida no bootcamp. Os projetos que são desenvolvidos durante o programa são em equipe, o que faz com que elas criem laços de companheirismo e até mesmo amizades. Você já ouviu falar de sororidade? O dicionário define a sororidade como a "relação de solidariedade entre as mulheres, especialmente na luta pelo seu empoderamento". Aqui na Laboratória, acreditamos muito nisso e testemunhamos a sororidade entre alunas e graduadas do bootcamp constantemente. 

6. Simulamos um ambiente de trabalho desde o primeiro dia 

O espaço de trabalho no bootcamp foi projetado para imitar o ambiente de um trabalho no mundo real do software. Desde a primeira semana, as alunas realizam projetos com requisitos mutáveis e que também exigem habilidades profissionais como negociação, trabalho em equipe, etc. Tudo isso faz parte do processo de aprendizagem e torna possível que, em um espaço de tempo de 6 meses, as graduadas possam iniciar em um emprego na área da tecnologia.

7. Desenvolvemos desafios reais

As alunas interagem com empresas locais e internacionais para resolver projetos na área de programação. Organizamos maratonas de poucos dias, também chamadas de hackathons, para resolver desafios reais das empresas participantes. Na Laboratória, acreditamos que a melhor maneira de aprender é ousar fazê-lo e nada é melhor do que conhecer os desafios reais. Na verdade, repetimos uma frase que é: "faça, e se estiver com medo, faça com medo".

8. Foco na empregabilidade

 

 

via GIPHY

O bootcamp prepara as alunas para conseguirem um emprego na área de tecnologia. O principal objetivo da nossa equipe é que as graduadas consigam um emprego para que possam obter uma melhor projeção nas carreiras que as aguardam. Além disso, trabalhamos para ajudar as empresas que buscam talentos a ver o valor que nossas graduadas trazem para suas equipes de trabalho. 

9. Acompanhamento na busca de emprego 

Na Laboratória, temos uma área dedicada exclusivamente à empregabilidade das graduadas. Durante o bootcamp, nossa equipe de psicólogas acompanha as alunas para que enfrentem os processos de seleção nas empresas. 

10. Você só vai pagar se conseguir um emprego.

O bootcamp é um programa com foco na empregabilidade. Por essa razão, nossas graduadas só pagam pelo programa quando conseguem um emprego no qual possam atuar com o que aprenderam na Laboratória.

 

inscreva-se

Topics: Artigo, Habilidades do futuro, Cultura de aprendizagem, Inscreva-se

Participe da nossa comunidade!


Hub_ad_talento_transformacao

Laboratoria_los 5 motorores del cambio_portugues